segunda-feira, 6 de maio de 2013

Como o Jeans tornou-se uma peça que conquistou espaço no mundo da moda.

A fabricação do jeans começou em 1872, na França e sua confecção era destinada a uniforme de marinheiros que trabalhavam em portos e precisavam de uma calça resistente para suportar o trabalho pesado. Nos Estados Unidos, no auge da corrida do ouro e conquista do oeste americano, vários mercadores aproveitavam o trabalho nas minas e de exploração, como ferramentas, mantimentos, roupas e lonas. Com um grande estoque de lonas e sem conseguir mercado para as mesmas, Levi Strauss passou a procurar outra aplicação para o produto e criou através de uma experiência, as primeiras peças fabricadas em lona, no ano de 1873. Essas peças eram altamente resistentes e foram confecionadas para atender a necessidades dos garimpeiros, e partir de então, começou a ser confeccionado no tecido demin. A denominação "Jeans" foi criada pelos marinheiros que trabalhavam no porto de Gênova, os Genoveses como eram chamados pelos franceseses e estes foram os primeiros a adotarem o jeans como peça do vestuário. O sucesso foi tanto que os trabalhadores começaram a utilizar o jeans para exercer suas tarefas mais árduas e de exigência física. Entretanto, o jeans só passou a ser utilizado no dia-a-dia, já no século XX. O Jeans é artigo de confecção têxtil e tem como matéria-prima o demin (ou brim) é um tipo de tecido de algodão que somente os fios do urdume, ou sema longitudinal são tingidos com corante anil. O que podemos chamar de verdadeiro jeans é o de coloração azul. O primeiro estilista a colocar os jeans na passarela foi Calvin Klain já na na década de 70. Pode-se considerar que o grande feito do jeans foi a inclusão social do produto, tanto um simples operário quanto pessoas de um poder economico alto usufruem do tecido azul. O jeans ganhou outra conotação quando dentro de sua composição foi adicionado o elastano, assim dando um melhor caimento. Logo depois foi a vez do poliéster que juntamento com o elastano deu um brilho e caimento perfeito. O jeans só chegou a conquistar o restante da população após a proliferação social do seu conceito como roupa despojada e do cotidiano, sem perder seu charme e elegância. Pode-se dizer que as atuais calças em jeans têm o mesmo estilo daquelas que fizeram sucesso com os mineiros, depois com todos os trabalhadores americanos, e, mais tarde, com os hippies, que as utilizaram como símbolo de rebeldia contra as roupas convencionais. Assim, o jeans tornou-se um tipo de moda nascida não pela imaginação dos estilistas, vinda de cima para baixo, mas de baixo para cima, acabando por tonar-se um clássico da roupa.

0 comentários :

Postar um comentário